Buscar

O que sou?

Atualizado: 8 de Dez de 2019

Desde que me lembro que me preocupo com a natureza. Em criança adorava salvar animais da rua ou das redes de pesca. Recordo-me de um episódio em particular que puxaram as redes de pesca na praia e eu achei que devia salvar os peixinhos pequeninos. Então, com o meu balde levei um conjunto de peixinhos e alguns caranguejos para casa. Já em casa tive a habilidade de encher a banheira com água, de ir buscar sal à cozinha e colocar lá os animais que tinha salvo. O resultado parece-me óbvio não é? Morreu tudo! Já para não falar no cheiro simpático que ficou na casa de banho. Era pequena, pequena o suficiente para ainda brincar com baldes na praia. O que me ficou não foi a tragédia. O que me ficou foi a atitude da minha mãe. Ela deixou que tudo acontecesse mesmo sabendo o resultado, mesmo sabendo que no fim eu ficaria triste, mesmo sabendo que eu estava a condenar aquelas pobres criaturas. Na verdade aprendi imenso, inclusive que não sei fazer água salgada.

Tenho muitas histórias destas, de querer salvar o mundo. A verdade é que as histórias são tantas que aos 18 anos entrei para a licenciatura de biologia, aqui aprendi muito sobre um Mundo de coisas. Desde esta altura que tenho crescido muito, há uns anos era uma coisa e agora sou outra, e todos os dias aprendo qualquer coisa que me faz querer ser melhor. Acredito que "todos fazemos o que podemos com as ferramentas que temos". Foi uma grande amiga que me disse isto e quanto mais penso nesta frase mais empatia vou conseguindo ter com os que me rodeiam. Tem sido um longo trabalho da minha parte.

Todos estes meus crescimentos, constantes formações, carreira, amigos e a minha familia, me ajudaram ao que sou hoje. Tive que passar por tantas coisas para HOJE conseguir dizer que SEI o que quero fazer o resto da minha vida.

Tenho 3 projetos, que embora aparentemente sejam diferentes, na realidade todos têm o mesmo fio condutor - MUDAR e SALVAR o MUNDO. A Lutra - Educação Natureza e Sustentabilidade, a Crazy Eco Mom e a 3S, são três ramos de uma árvore que cresce há 36 anos. Quando olho para o meu passado tudo faz sentido, porque em pequenina eu queria Salvar o Mundo, mas Salvar o Mundo não é fácil, requer um conhecimento muito alargado, um coração nobre e muita vontade. O coração, todos os dias tenta ser mais nobre, o conhecimento cresce a cada livro e formação e a vontade, bem a vontade é genética, pelo menos a minha!

A Crazy Eco Mom é uma partilha de experiências. Como mãe, entrei num universo paralelo, fui abalada por um sismo gigante e tenho vindo a re-estruturar-me. É uma transformação diária, de todas as que já sofri, para mim a mais difícil. Tenho sempre a sensação que as mães estão sempre um bocado sozinhas e a busca da perfeição, às vezes, pode-nos tornar num bicho do mato. Tenho o Blog e o Instagram para partilhar histórias, que não são certas nem erradas, são histórias e toda a gente gosta de uma boa história, principalmente as mães porque quando se identificam não se sentem sozinhas. E eu também não.

A 3S surgiu de uma necessidade do marido, não encontrava um desodorizante que lhe servisse. Então, comecei a aprender a fazer cosmética artesanal, partilhei com amigos e muito devagarinho vou fazendo umas coisas, sustentáveis e mais amigas do planeta. É o ramo mais verde de todos, mas que tem sido um excelente desafio.

A Lutra, bem é sem dúvida o ramo mais antigo. O nome começa por uma piada familiar, ser Lontrinha. É o culminar da biologia, da proteção do ambiente, das novas gerações, das ciências, da educação e da minha essência. Um projeto, agora real, que pretendia (e espero que ainda pretenda) ser um Escola Verde. Muitos desafios e empasses se têm posto à minha frente para tornar este sonho realidade. São tantos que já pensei em desistir várias vezes, em arranjar um emprego qualquer e pronto assunto resolvido. Felizmente todos os que me acompanham têm conseguido persuadir-me e a não desistir. Mas há dias difíceis, muito difíceis. Pensei muito em como por isto a andar. Há um ano larguei a carreira e comecei a pensar seriamente no que quero fazer. Sei que é a escola verde, mas como não está fácil tive que arranjar outra forma. Pensei então, e se conseguir tornar escolas um bocadinho mais verdes, mais sustentáveis? Pareceu-me um boa ideia!

Em vez do edifício, eu sou o edifício, ando com tudo a trás e vou ter com quem quer saber mais de ciências, estar na natureza, aprender sobre a natureza e que sonha com um Mundo Melhor. A Lutra é para todos, pequeno e graúdos. Fazer atividades com escolas e famílias, planear umas férias divertidas, formações para educadores, professores e todos os que desejam aprender sempre mais, workshops e ateliers. Eu sou o caracol, vou ter onde me desejam. Se for preciso um espaço? Também encontro um! Por isso agora que já sabem o que me move, partilhem, gostem, falem, perguntem e façam este sonho ganhar as asas que merece, porque todos juntos vamos Mudar o Mundo.

2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Uma perspetiva critica...

Há uns anos traduzi e adaptei o texto em baixo. Retirei-o de um dos meu livros preferidos sobre teorias de aprendizagem. Espero que gostem dele tanto quanto eu. A história da educação e dos cuidados n

© 2019 by Lutra